Neuromarketing – Entenda o Comportamento do Consumidor

Neuromarketing é a ciência que estuda o comportamento do consumidor, é a união da ciência e do marketing para estudar o que faz um individuo tomar a decisão de compra e o que é capaz de atrair sua atenção.

Estudando o neuromarketing você não só vai conhecer como funciona a mente do consumidor, como também vai aprender a usar os gatilhos mentais, que são estímulos capazes de despertar a atenção do seu potencial cliente e também de levá-lo a ação.

Conhecer mais sobre neuromarketing  faz com que você possa entender o comportamento do consumidor e com isso aumentar as conversões  de vendas da sua empresa.

Estudando neuromarketing, aprendendo a usar os gatilhos mentais e aplicando em seu negócio e claro, entendendo o comportamento do consumidor,  você pode sim multiplicar suas vendas.

Separei algumas dicas sobre o comportamento do consumidor para você já começar a usar em seus negócios.

De acordo com os estudiosos de neuromarketing, você não deve oferecer muitas escolhas para o seu cliente, pois isso cria confusão em sua mente e com isso ele acaba paralisado e não finaliza a compra, caso da sua empresa queira oferecer opções de compras, o melhor é que não ultrapasse três, para não criar conflito na mente do seu potencial cliente.

Outra dica é usar sempre a palavra “você” em suas campanhas de vendas, pois a palavra você soa como se estivesse falando a uma única pessoa, mesmo que a mensagem seja direcionada a milhões de pessoas usando a palavra “você” soa como atingindo uma só pessoa, a que esta ouvindo ou lendo sua mensagem.

É muito importante você também estudar sobre os gatilhos mentais. Existem vários gatilhos mentais, mas vou falar de 4 gatilhos que considero principais para vendas.

Os melhores gatilhos para vendas segundo neuromarketing

1-Autoridade

Nossa vida inteira, nós respeitamos a autoridade. Um professor é uma autoridade, um policial, um médico. Se alguém consegue ter uma autoridade, ela passa a ser mais respeitada pelas outras pessoas.

No momento em que você domina um assunto e começa a ensinar sobre esse assunto, seja como professor, autor ou palestrante, isso já te dá autoridade, o que faz com que as outras pessoas comecem a prestar atenção no que você está dizendo e com isso, você consegue que as outras pessoas te procurem para saber desse assunto que você domina.

2- Reciprocidade

Reciprocidade é quando você faz algo de bom a alguém e essa pessoa se tornar grata a você, com isso ela vai querer retribuir o bem que você fez a ela, a diferença que você causou na vida dela.

Hoje, na era digital, com as redes sociais, você tem a oportunidade de ajudar muitas pessoas com seu trabalho e com seu conhecimento.

Agindo assim, ajudando e compartilhando seu conhecimento, dando conteúdo de valor que ajude de alguma maneira as pessoas, com isso você vai aumentando o número de pessoas que admiram seu trabalho e sempre estarão dispostas a te ajudar, caso você precise.

3- Prova social

Prova social é um gatilho que sempre foi usando pelos gigantes da mídia. Quando muitas pessoas estão falando bem de um produto ou serviço, isso chama a atenção das outras pessoas, se todos gostam é porque deve ser bom.
A validação social é muito importante para você e para o seu negócio. Quanto mais pessoas estiverem falando bem de você, do seu negócio ou serviço, mais chance você tem de ter muito sucesso.

4- Escassez

Esse é outro gatilho que sempre foi usado pelos anúncios das grandes mídias,  (vendas por tempo limitado, somente hoje, poucas vagas). Essas e outras frases, são usadas para ativar o gatilho mental da escassez e levar o cliente a tomar a decisão de compra. Quando um produto é escasso, ele se torna mais atraente.
Quando esse gatilho mental e ativado, o consumidor entende que se ele não decidir e comprar naquele momento, vai perder aquela oportunidade.

De acordo com o neuromerketing a lógica não importa, em se tratando de compras, pois os consumidores compram com a emoção e depois buscam justificativas na lógica para validar essa compra, por isso alguns consumidores sentem arrependimento, isso acontece quando eles não conseguem justificar sua compra com a lógica.

Você pode e deve usar os gatinhos mentais em suas vendas, mas é muito importante que você esteja entregando a seu cliente produto ou serviço de valor, que vai ajuda-lo em sua vida, pois assim você terá um cliente feliz e satisfeito.

É importante lembrar que os gatilhos mentais fazem duas coisas quando são disparados. Eles levam a pessoa a prestar atenção e agir. Todo comportamento do ser humano é voltado para buscar o prazer e evitar a dor. Todos as pessoas tem esses gatilhos mentais e quando eles são acionados nos conduzem a ação.

Para você conhecer, entender e influenciar seus clientes é necessário que você estude e use os gatilhos mentais em suas campanhas de vendas, em seu email-marketing e também em suas publicações nas redes sociais, com isso você conseguirá chamar atenção do seu cliente e também levá-lo a decisão final de compra.

Conhecer e entender o comportamento do consumidor pode ajudá-lo a aumentar suas vendas e também o nível de satisfação de seus clientes.

Acabei de lançar meu curso no mercado que é o curso Atraia Clientes em Massa. Nesse curso ensino você a atrair uma quantidade enorme de clientes usando as redes sociais e também tem uma aula sobre gatilhos mentais usados para vendas, segundo neuromarketing.
Se quiser saber mais sobre o curso Clique Aqui.

Sobre Carminha Brum

Especialista em Marketing de Conteúdo e Mídias Sociais, organizadora e palestrante do CONAEVE Congresso Nacional de Estratégias de vendas.